Tarte flan de ruibarbo


Da primeira colheita de ruibarbo 2015, após a confeção do doce; congelei o que sobrou, cortado em pequenos pedaços; embora com algum ceticismo, relativamente à sua conservação… Contudo, esta foi a segunda tarte que confecionei com o caule congelado.

Venero esta versão de tarte de ruibarbo que adaptei de uma receita de tarte flan, arrendatária do meu velho caderno de receitas. Trouxe a receita de França, há muitos anos.

Aqui encontram a versão com o caule fresco e foi utilizada uma tarteira de 30cm de diâmetro.
Desta vez utilizei uma tarteira de 25cm de diâmetro e fiz algumas alterações.

Ingredientes:

ruibarbo (quanto baste para cobrir o fundo da tarteira)
4 ovos
½ l de leite (meio gordo)
150g de açúcar
70g de farinha
2 pacotes de açúcar baunilhado da Vahiné

Execução:

Descongelar o ruibarbo e escoar o excesso de água. Reservar.

Bater muito bem as gemas de ovos com os açúcares.

Adicionar lentamente o leite e, seguidamente, a farinha.

Envolver delicadamente as claras em castelo.

Untar uma tarteira de pirex com manteiga, cobrir o fundo com o ruibarbo e verter por cima o preparado anterior.

Levar ao forno a 180º, cerca de 45 minutos. Confirmar a cozedura com o teste do esparguete.


Deliciem-se!

Comentários

  1. Hum, deve ser delicioso!
    Nunca comi ruibarbo, tenho que experimentar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Susy, se gostas de agridoce, experimenta. É delicioso! Eu adoro ruibarbo. Beijinhos

      Eliminar

Enviar um comentário

Obrigada pela sua espreitadela! Sejam sempre bem-vindos...

Mensagens populares deste blogue

Quiche de frango com queijo Quark

Risoto de marisco

Quiche de salmão e delícias do mar