Bolo de mel


Hoje fiz um bolo de mel, que me surpreendeu porque ficou enorme.

Como é sabido a boa vizinhança escasseia; a tradição já não é o que era. Mas, eu, apesar de viver num apartamento, tenho vizinhos simpáticos (uns mais do que os outros) e, os últimos a instalarem-se no prédio, há cerca de dois anos, são muito afáveis e bondosos. Desde que cá habitam, não me deixam faltar o mel em casa, pois têm família que faz produção.

Amanhã vou receber uma amiga daquelas verdadeiras, puras e genuínas. Pois bem, faço inúmeros bolos e costumam ficar sempre com bom visual. Não sei se já vos aconteceu… mas que sina! Quando quero que as coisas fiquem perfeitas, há sempre algo que me escapa e me faz resmungar. Esta receita é da minha madrinha, excelente cozinheira.

Eu tenho sempre que inventar… ovo a mais, açúcar a menos, mel a mais, limão que não consta na receita… Contudo, mesmo com as minhas alterações costuma ficar bom, desta vez cresceu desalmadamente.

Explicação possível: costumo utilizar farinha Branca de Neve e desta vez optei pela farinha da Nacional para bolos altos e fofos. De facto alto ficou, ia ficando sem buraco! Fofo, veremos…


Amanhã, direi se devem seguir as minhas alterações, ou, seguir a receita original.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Quiche de frango com queijo Quark

Risoto de marisco

Quiche de salmão e delícias do mar