Bolo de aniversário

      A nostalgia transporta-nos para tempos distantes…
    Ontem encontrei esta foto no arquivo dos aniversários, data de 2012. Ainda não tinha blogue na época, nem aspirava ser blogger. Não me imaginava com conhecimentos e competências para tal. E, volto a reiterar, sou uma eterna aprendiza no âmbito da cozinha, e, uma insatisfeita profissionalmente. Quando digo insatisfeita profissionalmente é com caráter metafórico, isto porque, amo a minha profissão, gosto de me atualizar cientificamente mas, infelizmente, nem sempre me deixam trabalhar. Adiante…
      A ideia do blogue surgiu para me ocupar um pouco a mente, durante dois anos em que me vi assombrada pelo desespero do desemprego. Passava horas e horas no blogue do Arlindo com uma inércia profunda e desmedida, enlouquecia e via as colocações fintarem-me (graças à generosidade e trabalho deste blogger)…
     Andava num desespero tal; não queria bolo de aniversário, não queria festejar aniversário, não queria nada. O meu marido convenceu-me que tínhamos que comprar um bolo de aniversário, pois tínhamos uma criança, em casa, com três anos que repetia, alegremente e incessantemente “Mamã, quero soprar as velas contigo”…
    De forma a atenuar a minha relutância, decidi que seria eu a fazer o meu bolo de aniversário. Sem vontade, sem motivação mas com o AMOR que me ajudava a desbloquear os dias, as horas, os minutos e os segundos.
   O resultado foi este… Não me recordo muito bem da receita pois, ando sempre a inventar. Esteticamente, não está muito feliz, mas estava muito bom e nesse dia o meu afilhado disse-me que devia dedicar-me à pastelaria… Não tenho talento para isso! Mas, um dia acordei e decidi criar o meu blogue, “O Postigo dos Meus Doces”.
     Prometo que, brevemente, tentarei fazer uma réplica deste:


     Neste momento a angústia é sufocante para todos nós, professores! Boa sorte para todos. 

Comentários

  1. Olá Céu!!
    Hoje vim conhecer seu blog e me identifiquei com o seu relato.
    Também criei o meu cantinho num momento muito difícil da minha vida. Desde então, eu mais aprendo do que ensino, tem sido um aprendizado constante e muito valoroso. Eu costumo brincar que às vezes dá vontade da gente voltar para o útero da mãe! rs A vida de adulto é realmente complicada e, por vezes, não sabemos o que fazer.
    Mas olhe nos olhos inocentes do teu filho...é tão bonito a gente olhar para as crianças e ver o quanto elas nos ensinam...fico feliz que você tenha feito esse bolo por ele, ficou lindo! Vou esperar pela réplica junto da receita!
    Lute sempre...a felicidade está nos pequenos momentos!
    Já estou te seguindo para vir te visitar sempre!
    Se quiser conhecer meu cantinho será muito bem vinda!!
    www.deliciasdavodeo.com.br
    www.facebook.com/ReceitasdoBlogDeliciasdaVoDeo
    Instagram: @receitas.deliciasdavodeo
    Beijos e lindo dia pra ti!!! =)

    ResponderEliminar
  2. Olá! Seja bem-vinda... Obrigadíssima, e sim, vou agora conhecer o seu cantinho. :-) Beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Obrigada pela sua espreitadela! Sejam sempre bem-vindos...

Mensagens populares deste blogue

Quiche de frango com queijo Quark

Risoto de marisco

Quiche de salmão e delícias do mar